Vida de Solteiro

image

Vida de Solteiro
“E a namorada?” Alguém vai me
perguntar. Aí vou sorrir e responder:
“Estou solteiro!”. E logo depois vem
aquela cara de: “nossa, coitadinho”,
quando ao meu ver era a hora certa da
pessoa me abraçar e pularmos gritando:
“Parabéns Campeão!” Sabe, realmente
não entendo essas pessoas que
colocam o fato de encontrar uma
pessoa como sendo um dos objetivos
primordiais da vida. Como se a ordem
natural fosse: nascer, crescer, conhecer
alguém e morrer. A meu ver, não é
assim.
As pessoas se dizem solteiras como
quem diz que está com uma doença
grave, alguém que precise de ajuda.
Não é nada disso. Existe sim vida na
“solteridão”! E das boas. E isso não quer
dizer farra, putaria, poligamia ou
promiscuidade. Aliás, quer dizer sim,
mas só quando você tiver afim. No mais
quer dizer liberdade, paz de espírito,
intensidade. E olha que escrevo isso
com algum conhecimento de causa, já
que tenho vários anos de namoro no
currículo.

De verdade, do fundo do coração, eu
estou muito bem solteiro. Acho até que
melhor que antes. Gosto de acordar
pela manhã sem saber como vai
terminar meu dia. Gosto da sensação do
inesperado, da falta de rotina e de não
ter que dar satisfação.
Gosto de poder dizer sim quando meu
amigo me liga na quinta-feira
perguntando se quero viajar com ele na
manhã seguinte. De chegar em casa
com o Sol nascendo. De não chegar em
casa as vezes. De conhecer gente nova
todos os dias. De não ter que fazer
nada por obrigação. De viver sem
angústia, sem ciúme, sem desconfiança.
De viver.
Acredito que todo mundo precisa passar
por essa fase na vida. Intensamente
inclusive. Sabe, entendo que talvez essa
não seja sua praia. Ou talvez você
nunca vá saber se é. Eu mesmo não
sabia que era a minha, e veja só você,
hoje sou surfista profissional. O que
percebo são pessoas abraçando
seus relacionamentos como quem
segura uma bóia em um naufrágio.
Como se aquela fosse sua última
chance de sobrevivência. Eu não quero
uma vida assim. Nessa hora talvez você
queira me perguntar: “Mas e aí? Vai
ficar solteirão para sempre? Vai ser
assim até quando?” E eu vou te
responder com a maior naturalidade do
mundo: “Vai ser assim até quando eu
quiser”. Quando encontrar alguém que
seja maior que tudo isso, ou talvez
alguém que consiga me acompanhar.

Um trecho tirado do blog precisava escrever..

Advertisements

Como não ter medo de perder uma mulher

image

Como não ter medo de perder uma
mulher
O medo de
perder uma
mulher, seja
ela ficante,
namorada ou
até mesmo uma
amiga, pode
fazer com que
tenhamos
algumas
atitudes
negativas que,
com o tempo,
levam-nos a
realmente
perdê-las. Este
medo pode
fazer com que o
homem fique
muito submisso
à elas,
realizando
todos os seus
desejos,
fazendo tudo o
que ela pede
pois acredita
que assim ele
ainda a terá em
sua vida. A
verdade é que
as coisas não
são assim e o
medo de
perder pode
levar realmente
à perda.
Desta maneira separamos
algumas reflexões de como não
ter medo de perder uma
mulher.
#1 Seja
autoconfiante
O medo de perder está
intimamente ligado à falta de
confiança em si mesmo e
também à baixa autoestima.
Desta forma, é preciso ser mais
autoconfiante nas suas atitudes
perante a mulher de forma que
seja possível também impor suas
opiniões e desejos. Fazer tudo
por ela fará com que o
interesse dela por você caia
significativamente. Um homem
que tem confiança em si
desperta interesse e se torna
mais atraente, tanto para ela
quanto para as outras mulheres.
É preciso, portanto, saber se
comunicar e saber se portar
diante dela, sendo regrado e não
satisfazendo todos os desejos
dela sem que ela também faça o
mesmo.
#2 Reflita sobre
esse medo
A primeira forma de lidar com
seus próprios medos é refletir
sobre os mesmos. Essa premissa
também serve para o medo de
perder a parceira no
relacionamento. Refletir sobre o
medo é tentar entender os
motivos de ele existir, para que
assim seja possível compreender
o que pode ser feito para
amenizá-lo.
Procure perceber através dessa
reflexão quando esse medo
começou e principalmente
quando ele se agravou. Perceber
também como estava a sua vida
nesse momento e como estava a
situação do relacionamento
nessa época. Os acontecimentos
da vida e da relação podem
servir para que você sinta esse
medo da perda.
Lembrando que o medo da perda
pode estar diretamente ligada à
sua insegurança ou com sua
incapacidade de lidar com as
situações da relação ou de sua
vida. Resolver isso, comumente
pode amenizar seu medo.
#3 Tenha outras
amizades
Por mais que exista o medo de
perdê-la, é preciso também ter
outras amizades ou afazeres
para passar o tempo e não ficar
somente com ela. Mostrar que
existem outros aspectos de sua
vida que ocupam seu tempo e
outras pessoa que lhe tem
estima faz com que ela repense
alguns conceitos sobre você. É
interessante também recusar
alguns convites que ela faça
para sair, indo em outro
compromisso, para demonstrar
que você não é dependente dela
e gosta de passar o tempo com
outra pessoa.
Mas não faça
isso só pra
jogar. Seja
realmente
ocupado
Além de sair com ela e fazer o
que ela gosta, é interessante
também fazer, junto com ela,
coisas que você gosta.
#4 Perceba os seus
próprios
comportamentos
Compreender os seus próprios
comportamentos em relação ao
seu relacionamento também lhe
ajuda a entender os motivos do
surgimento do medo da perda.
Comumente, o homem que tem
medo de ser traído, é aquele que
tem maiores propensões a trair,
ou até mesmo já fez.
Quando temos comportamentos
negativos, que possam trazer
alguma consequência também
negativa para a relação, isso
pode fazer com que o
surgimento do medo apareça,
mesmo quando não nos damos
conta disso. Geralmente são
aqueles comportamentos que se
a parceira descobrir irá fazer
com que ela fique chateada e
até mesmo pense em terminar o
relacionamento.
Entender isso é optar por
comportamentos mais saudáveis
para a relação e em alguns
casos, é necessário refletir sobre
o relacionamento em si e sobre
as suas decisões futuras a
respeito do mesmo.
#5 Entenda a
dependência no
relacionamento
A dependência emocional no
relacionamento também pode
fazer com que aconteça esse
surgimento do medo da perda.
Essa dependência geralmente
está relacionada com a ideia de
que a sua felicidade depende da
felicidade de sua parceira e que
somente estando com ela é que
você estará feliz. Assim, o medo
de perdê-la pode ser visto na
verdade como o medo de perder
a suposta felicidade que ela te
trás, sendo também relacionada
ao medo de ficar triste ou infeliz.
Nesse caso, um trabalho
intensivo de autoconhecimento e
autodesenvolvimento é
interessante para que seja
possível ampliar a consciência a
respeito dos temas como
felicidades e satisfação,
desvinculando os mesmo da
figura do outro. A felicidade e a
satisfação devem ser algo que
dependem apenas de você
mesmo, e jamais do outro. O
outro serviria apenas como um
complemento para a felicidade,
jamais sendo o motivo da
mesma. Compreender isso
significa diminuir a dependência
por parte da parceira (que têm
várias consequências negativas),
assim como, significa deixar de
ter medo de perdê-la.
#6 Tenha um diálogo
aberto na relação
A melhor maneira de lidar com
esse seu medo na relação é
conversando tendo um diálogo
com a parceira. Converse
também com seus amigos sobre
seus medos e perceba a opinião
deles a cerca do que está
acontecendo. Após entender
seus motivos, é interessante que
ocorra um diálogo sincero com a
parceira para que você possa
explicar seus pontos de vista,
deixando que ela também
comunique os dela a respeito do
relacionamento.
Dessa forma criar-se um vínculo
entre vocês, que irão optar em
não decepcionar o parceiro,
melhorando os próprios
comportamentos, assim como,
somente essa criação do vínculo
já trás consigo uma maior
segurança a respeito da relação,
diminuindo o medo da perda.
#7 Não se deixe
controlar
Isto significa que além de você
fazer o que ela deseja, é
necessário que ela faça também
coisas que você deseja. Não se
deixar controlar é não ser
submisso a todos os desejos dela
e saber também dizer não. É
importante pensar que tudo tem
limite. Você é capaz de
estabelecer este limite de acordo
com a sua relação com ela,
sabendo que existem coisas que
você fará apenas para uma
namorada e não fará para uma
amiga. Caso você tenha uma
amiga que não quer perder ,pois
pretende ter um relacionamento
com ela no futuro, deixe claro
para ela essas diferenças,
demonstrado também as
vantagens de namorar você – não
com palavras, com atitudes. É
preciso esclarecer também que
ela tem responsabilidades
também, tanto como amiga
quanto como namorada.
#8 Não se esforce
tanto
Em qualquer tipo de
relacionamento é preciso
compartilhar. Então não é
preciso se esforçar tanto para
agradá-la ou para fazê-la gostar
de você. Você tem que fazer a
sua parte, mas se ela estiver
interessada, ela terá que fazer a
parte dela também. Seja em
uma amizade ou em um namoro,
os dois precisam construir juntos
esses relacionamentos. Se
somente você está se esforçando
para que isto aconteça, então
talvez seja hora de repensar este
relacionamento.
#9 Elabore métodos
para amenizar os
seus medos
Ao entender os motivos dos seus
medos, é interessante elaborar
métodos para que você consiga
combate-los de forma eficiente.
Por isso a importância de
perceber os reais motivos de
sentir medo de perde-la. Por
exemplo, se você sente medo de
perde-la como consequência de
seus comportamentos, é
interessante modificar alguns
desses para tentar perceber se o
medo da perda diminui.
Por outro lado, se o seu medo for
referente a uma dependência, é
interessante buscar meios de se
fortificar emocionalmente
visando livrar-se dessa
dependência. Assim como se o
medo for um reflexo das suas
experiências passadas, é preciso
desvincular-se dessas história
negativa para lidar com a
realidade atual.
Elaborar esses métodos depende
apenas de você, que ao entender
o medo, irá também encontrar
caminhos para superá-lo. É
interessante que esses métodos
sejam elaborados, treinados e, se
possível, melhorados, a fim de
obter um resultado satisfatório.
#10 Está tudo bem
em perdê-la
Caso você sinta que estas dicas
não estão funcionado e que o
relacionamento continua a
piorar, sentindo até mesmo que
ela está lhe usando de uma
forma negativa, isto pode
significar que o interesse dela
por você já não existia ou que
ela tinha interesse negativos em
relação a você. Isto pode dizer
então que ela não te valoriza
como você a valoriza. Desta
forma, o “perdê-la” pode ser mais
positivo para sua vida do que
continuar com ela, por mais que
isso seja doloroso no início.
É importante ter em mente que
existem outras mulheres que
podem te fazer feliz, sem que
você se esforce tanto. Assim
como, é preciso encontrar
alguém que se interesse pelo
que você é, e não
necessariamente pelo que você
pode fazer por ela. Isto também
lhe ajudará a aumentar sua
autoconfiança, pois te deixará
aberto para outras opções.
Entenda que é possível ser feliz
também não tendo algumas
pessoas em nossas vidas, que
podem parecer fundamentais,
mas no fundo não são.

A outra metade..

image

A OUTRA METADE
Eu pude ver um céu azul, jamais
visto.
Pude sentir o sol iluminando
minha alma cansada.
Pude perceber a brisa secando
minha face molhada.
Pude ouvir o canto dos pássaros
na minha janela.
Pude sentir o perfume das flores
da primavera.
Pude entender que não estava mais
só.
Pude caminhar ao seu lado.
Pude rir de pequenas bobagens.
Pude jogar fora toda minha
bagagem.
Pude recomeçar.
Pude reaprender a amar.
Pude chorar de saudade.
Pude morrer de felicidade.
Pude ter você, um dia, a me
completar.

A GAROTA QUE ROUBAVA CORAÇÕES

image

A GAROTA QUE ROUBAVA
CORAÇÕES
Evandro Litieri
Sempre ouvia falar
Que um dia ia chegar
Alguém que roubaria um sentimento
tão puro
Ah, como pude ser tão burro.
Até tentei criar um bloqueio
Mas aos poucos ela veio e foi como
um devaneio
Não sei se foi errado, precipitado,
ou mal encarado
Mas a minha realidade hoje é eu
aqui “largado”.
Ela veio como uma luz no fim do
túnel
Me salvando do esgoto onde me
encontrava
E foi uma surpresa quando dentro de
um presente tinha um anel.
Era tudo tão lindo e o tempo ao lado
dela voava
A cada carinho que rolava.
Era como uma viagem, eu ia para o
céu e voltava.
Mas a vida vinha me avisando
E eu como sempre as regras vou
burlando.
E a cada dia que passava estávamos
mais próximos de um final feliz
Mas nem sempre a vida pode nos
dar um “bis”.
O ser humano tem um grande
defeito
Que ao longo do tempo tudo que se
realiza ainda não está bom
Mas ainda sofremos com esse
efeito.
Dom este de deixar complicações e
ser feliz?
Hoje sou um mero aprendiz
E ela foi embora, e não voltou.
Talvez algum mano seu coração já
tocou
O que posso fazer?
Se não posso mais ter, a moça com
que deveria me comprometer
O que me resta é viver só
É que as vezes suas lembranças em
minha cabeça me dão um nó.
Ainda não sei como agir,
Cansei de brigar, lutar será que a
melhor opção é fugir?
Sinceramente, não sei se pra outra
vou me doar
Pois, você teve o poder de me
transformar.
Aquele cara durão
Com você era igual manteiga no pão
Mas vou andando pelas ruas
É outono, e não dá pra ver as
garotas semi-nuas
Isso serve de distração
Mas só no verão, agora não, daqui
pra frente a gente pensa mais com o
coração.
Daqui a pouco chega o inverno;
E eu me vejo em meio ao inferno
Não sei se está mais frio lá fora
Ou dentro do meu coração que você
roubou e jogou fora.
Me sinto as vezes pior de que um
cão
Mas é porque você ainda sabe que
estou na sua mão
Pensa que é fácil ouvir um não?
Agora o que faço são versos tristes
de alguém que se sente na solidão
E não há ciência que explique a
negação, a paixão e a solidão.

Eu não consigo te entender

image

EU NÃO CONSIGO TE
ENTENDER

Tem coisas na vida que a gente
simplesmente não entende, e
talvez, a gente nunca venha a
entender… E você, meu amor, é
uma delas. Eu acho que eu nunca
vou entender o que de fato te
levou a terminar as coisas entre a
gente. Eu sei que tem muito mais
por trás daquilo que você me
disse, e você não teve coragem de
me dizer… Ah, eu sei, eu sinto que
você não me disse toda a verdade.
E acho que eu nunca vou saber o
que realmente aconteceu…
Nossa, eu me senti tão mal depois
daquele dia. Você não faz ideia…
Você depositou todas as razões
para terminarmos em mim e eu
nem tive a chance de te dizer que
eu te amo… Eu me senti
completamente culpado e
magoado, além de não entender o
que te fez tomar aquela decisão.
Eu confesso que achei que você
fosse reconsiderar e lembrar de
todos os momentos doces que
compartilhamos: as noites debaixo
do seu cobertor, os lanches na sua
casa, os nossos encontros
vespertinos e, principalmente, o
meu amor por você… Mas pelo
visto nada disso teve significado
para você.
Eu procurei ser tão cuidadoso
contigo e não cometer os mesmos
erros dos meus relacionamentos
passados. Eu fiz tudo que eu
podia para darmos certo. Eu te
mostrei o meu verdadeiro eu. Eu
dividi com você os meus sonhos e
os meus medos. Eu tinha tanto
receio de me apaixonar de novo
e mesmo assim acabei te dando
todo o meu coração. Mas como
você mesmo disse, nós estávamos
em mundos diferentes. Eu
confesso que ainda me questiono
às vezes o que eu poderia ter feito
de diferente e onde foi que eu
errei, mas infelizmente, eu ainda
não consigo (te) entender.

Como evitar se sentir culpado de tudo

image

Como evitar se sentir culpado
por tudo
Embora se sentir culpado seja um
mecanismo para melhorarmos, se tudo o
que faz é impedir que avancemos,
devemos rever nossos sentimentos e
aprender a evitar sentir-se culpado por
tudo.
A culpa é uma emoção bastante comum
em algumas pessoas.
Se você acha que poderia ter feito algo
melhor e não para de pensar nisso, se
você se lembrar continuamente de seus
erros ou acha que está errado em tudo,
então não hesite em ler o seguinte artigo.
Você aprenderá abaixo como evitar sentir-
se culpado em qualquer situação.
Por que é normal se sentir
culpado?
Existem diferentes razões pelas quais
alguém pode ter a culpa e sofrer por isso.
Ao nível cultural e educativo, é uma
maneira de evitar cometer erros
no futuro ou esse sentimento nos permite
fazer melhor na próxima vez.
Agora, por que nos sentimos
culpados? Estes podem ser alguns dos
motivos:
1. Por razões morais ou éticas
Desde pequenos, fomos ensinados a
certas práticas “corretas” ou “esperadas”
do ser humano de acordo com a
sociedade ou cultura em que vivemos.
Quando fazemos algo fora dessas
normas, é normal sentir-se culpado,
porque consideramos um erro ou a falta
de um código pré-estabelecido.
No entanto, a culpa pode ser apenas uma
emoção “do momento” e não envolve
mudança de hábitos ou direção.
Talvez no início nos sintamos um pouco
culpados por fazer algo, mas depois “nos
esquecemos” ou preferimos nos
concentrar nas consequências de tais
atos.
2. Porque acreditamos que
isso nos torna melhores
pessoas
A culpa em si não faz de alguém um
cidadão melhor, um filho melhor, um
marido melhor, um funcionário melhor,
etc.
Nós tendemos a ter a sensação de que é
preferível fazer algo errado e sentir-se
culpado, uma vez que esta emoção “nos
faz” seres moralmente superiores. Como
se assim pudéssemos nos redimir ou nos
purificar.
No entanto, o importante não é a culpa,
mas o arrependimento sincero, bem como
a forma como agimos para reparar o erro.
3. Por egoísmo
A culpa também é uma resposta egoísta
do ser humano, que se sente mal ou que
não está em paz consigo mesmo quando
cometeu um erro.
No entanto, esses pensamentos
egocêntricos estão muito distantes da
ética (que se baseia em pensar sobre os
outros).
A culpa pode nos distrair e nos afastar
daqueles que nos rodeiam. Estamos tão
concentrados em nos sentir culpados que
não podemos fazer nada de bom para o
resto das pessoas.
Como evitar sentir-se
culpado
Os sentimentos de culpa podem aparecer
a qualquer hora, em qualquer lugar. Em
algumas pessoas, são mais frequentes e
podem levar à depressão, solidão,
angústia, remorso, etc.
Pensar continuamente sobre o que
fizemos de “errado” pode evitar corrigir
erros ou aprender com eles para o futuro.
Preste atenção a estas recomendações
para evitar sentir-se culpado o tempo
todo:
1. Compreender o sentimento
A culpa pode ser produtiva ou
improdutiva. No primeiro caso, nos
permitirá crescer e amadurecer, e no
segundo, o contrário.
Se aprendermos com os nossos erros e
adotá-los como uma lição, não devemos
sentir-nos culpados.
No caso de uma culpa improdutiva, é
aquela que não permite que você
melhore, podendo levar a uma
depressão muito grande.
Não é errado pensar sobre o que você
fez de errado, mas é um problema se
você apenas se concentra no erro sem
tentar trabalhar ou melhorar para a
próxima vez.
Todos nós erramos, mas a atitude que
tomamos em relação a isso é o que
nos define como pessoas.
2. É normal sentir-se culpado
por eventos incontroláveis
Um acidente com o carro, ou não nos
termos despedido de um ente querido que
acabou de morrer, são situações que nos
fazem sentir culpados.
Pensando no que “nós poderíamos ter
feito” e por diferentes razões não
fizemos, e nos faz sentir muito ruins.
A impotência, a frustração e a perda
de controle vão de mãos dadas com a
culpa.
Talvez seja bom pensar que há
muitas coisas que não podemos mudar e
que não somos pessoas
piores. Deve evitar sentir-se culpado por
tudo o que acontece à sua volta.
Não podemos decidir tudo ao nosso
redor. Pensar no que “poderia ter sido”
não é saudável, porque não temos a
possibilidade de mudar o passado .
3. Reflita sobre suas emoções
A que horas, ou situações, é mais comum
que a culpa apareça? Faça um exercício
retrospectivo e analise por que se sente
culpado.
Talvez seja devido a algo que lhe
tenham ensinado quando criança
relacionada à ética e moral. Outras
emoções que podem aparecer são
vergonha e tristeza.
Identifique cada um deles e determine
em que momento específico eles
aparecem.
Depois de ter percebido os hábitos ou
situações que o tornam vulnerável à
culpa, você pode trabalhar com eles e
tentar alterá-los ou melhorá-los.
Você pode ajudar, escrevendo um
diário, fazendo uma lista ou falando
sobre isso com alguém próximo (ou um
terapeuta). Desta forma, você evitará
que a culpa domine você.
4. Aceite a culpa
Este é um passo fundamental para que o
sentimento não tome conta de você e de
suas relações pessoais.
Não é ruim se sentir culpado, mas sim
ficar com esse sentimento por toda a
vida.
Aceitar o problema implica reconhecer
que você é humano e pode cometer erros,
mas também que você tem a
possibilidade de mudar.
É difícil e levará tempo, mas, no
final, você se sentirá melhor com
você. Perdoe-se e você viverá
mais calmo, sem tantas pressões
ou imposições sociais.

Ela não vai voltar…

image

Ela não vai voltar

Não vai ser ela que vai preencher esse
vazio que ficou. Você pode até enviar um
cartão com flores no aniversário dela se
ainda lembrar a data, e com certeza vai
lembrar, porque daria tudo pra passar
mais um dia ao lado dela, mas não
adianta levar presentinhos achando que
isso vai fazer ela mudar cada um dos seus
planos, ao contrário, vai fazê-la se apegar
ainda mais ao que construiu para o
futuro. Não adianta o que você faça pra tê-
la de volta, ela foi embora de vez.
Não pense você que é por orgulho que ela
ignora todas as mensagens que enchem a
caixa de entrada nas redes sociais dela,
não pense que é porque ela precisa provar
aos amigos que na primeira oportunidade
não vai voltar correndo pros seus
braços. Depois de tudo o que você não fez
para darem certo, ela descobriu que pode
fazer as próprias escolhas mesmo na sua
ausência, aprendeu que pode fazer o
futuro sem precisar estar tão dependente
de você.
Mas bem que você deve entender de
quem foi a culpa. Ela só queria
transformar a história de vocês em um
romance desses intensos que arrancam
suspiros, que deixam emoções marcadas no
peito, mas você transformou a vida dela de
cabeça pra baixo, virou ela do avesso um
tanto de vezes que a fez perder a noção de
quem realmente era. Ela te abandonou
uma única vez, e você achou que não fosse
o fim do mundo, mas na verdade era pior.
Nas primeiras semanas percebeu o
quanto era estranho saber que não
haveria aquela mensagem no whatsapp e
você acreditou que aquele boa noite não
faria diferença, mas a falta dele deixou um
buraco enorme no peito.
Não faz mal ter esperança, por vezes é ela
quem faz a gente continuar lutando, mas
um dia ela ainda vai te dar uma baita dor
de cabeça. Deixa essa garota ir de vez, é
hora de você seguir em frente, de dar uma
nova chance pra si mesmo, criar
oportunidades que nunca sonhou, porque
remoer esse arrependimento que você sente
por não ter feito o suficiente não vai te levar
a lugar nenhum. Ninguém mandou deixar
ela tão solta. Agora ela foi pra longe, voou
na intenção de nunca mais voltar, e você já
sofreu o bastante pela ausência dela, porque
ela não vai voltar.

Obs: Me identifico com esse tema ja que lembra minha ultima decepção amorosa..

Gostar de você me faz gostar mais de mim mesmo

image

Gostar de você me
faz gostar mais de
mim mesmo

Eu sempre gostei. Ora mais, ora menos,
sempre gostei de mim mesmo. Acontece que
de quando em vez esse negócio de levantar
e cair, de subir e descer, essa vida de tantos
tombos nos faz perder a mão, o foco, a hora.
E esquecer o que de fato importa. Aí o amor
por nós mesmos arruma suas coisinhas e se
ajeita para ir embora.
O meu já estava na porta, partindo para
nunca mais voltar. Confesso. Eu andei
brigado comigo mesmo, aborrecido com
minhas coisas. Mas aí você veio, pessoa
linda, sorrindo a beleza do mundo, feito uma
promessa de felicidade, e o amor resolveu
ficar. Ele não é bobo.
Ter você aqui dentro, habitando o espaço
impreciso das minhas lembranças, sentada
de frente para o lago manso das saudades
que vivem em mim, olhando a lua alaranjada
da minha infância, brincando com os
cachorros, sorrindo tão linda, me faz sentir
tanto amor que até dói.
Você sabe. O amor põe a gente pra frente.
Sentir amor por você me faz acordar cedinho
e arrumar a cama, ajeitar as coisas com
empenho, com apreço, sair e espalhar
ternuras por aí. Gostar de você me fez gostar
mais de mim mesmo. Vou amando você e me
tornando um sujeito melhor do que eu era.
Amo você e me sinto certo de que meu lugar
favorito no mundo é ao seu lado.
Essa vontade imensa de abraçar você uma
tarde inteira, de beijar a sua boca até não
sentir mais o chão, isso só pode ser coisa de
Deus, que amou cada um de seus filhos
antes de mandá-los cá pra baixo. E agora
torce lá de cima para que todos sejamos
amados, amáveis e felizes entre nós.
Seremos assim, você e eu, esforçados no
trabalho de sermos felizes para sempre.
E quando estivermos cansados desse longo e
honesto ofício da vida, lá pela casa dos cem
anos repousaremos juntos, infinitos, na
memória dos nossos que por aqui ficarem,
nas árvores que plantamos, nas pessoas com
quem andamos, nos lugares onde passamos
e nas músicas que amamos, exercendo em
estado de festa nosso mais generoso,
profundo e simples exercício de eternidade.

Homens (para as mulheres que procuram um cara bacana)

image

HOMENS
Maria Eduarda Kamarad
Mulher gosta de homem!
Mas homem de verdade e isso não
tem a ver com idade ou barba na
cara. Homem de verdade é aquele
que tem caráter, que tem respeito!
Que não é mais sensível do que ela,
mas que consegue se emocionar ou
ver graça em pequenas coisas.
Homem é homem, quando cuida
bem, dá carinho, é fiel, é leal.
Parceiro pra todos os momentos, na
alegria e na tristeza, na saúde e na
doença.
Que saiba jogar ela na cama, com
aquela pegada forte na cintura, mas
que também saiba enxugar suas
lágrimas com a delicadeza que mais
nenhum outro tecido ou textura do
mundo, conseguiria fazer igual.
Homem de verdade é o que faz rir, o
que se entrega, que não tem medo
de relacionamento sério porque
sabe que aquilo não é uma prisão…
Aquilo é o comprometimento de ser
honesto e bom o suficiente, com
seus próprios sentimentos ou de
quem mais quer que seja.

Agradecido

image

Vamos hoje com esse pensamento em forma de tema..

AGRADECIDO
Como é bom sentir a presença de
Deus na nossa vida, saber que Ele
está sempre ao nosso lado nos
amparando com a sua mão divina!
Mesmo quando nos sentimos
sozinhos e perdidos, o Senhor está
conosco, mostrando a direção certa
para seguirmos pelo melhor
caminho!
Somos seres vitoriosos pelo simples
fato de estarmos vivos, por
ganharmos uma nova oportunidade
todos os dias de conquistar algo
novo e de procurar ser melhor em
todos os sentidos. Sou muito
agradecido por todas as vitórias que
já alcancei na minha vida, das mais
difíceis àquelas mais simples, que
conquistamos todos os dias.
A cada vitória me sinto mais vivo,
mais abençoado, mais amado e
ainda mais protegido. A cada vitória
tenho mais certeza que as próximas
batalhas também serão vencidas, o
medo já não mais um obstáculo e
por isso o meu Deus me deixa
sempre muito agradecido!